Kristina Mladenovic faz da terra a sua “praia” e apura-se para a final mais importante da carreira

0

MADRID – Quando, em outubro de 2016, registou a sua 26.ª vitória da temporada, Kristina Mladenovic estaria longe de imaginar que a época de 2017 seria tão sorridente quanto está a ser. Hoje, a 12 de maio de 2017, a tenista francesa de 23 anos entrou no Estádio Manolo Santana com, imagine-se, 26 triunfos já somados este ano e de lá saiu com mais um, ao carimbar o apuramento para a final mais importante da carreira em singulares.

Com Simona Halep à espera na final (a campeã em título tornou-se na primeira jogadora da história a garantir o apuramento para a final do Mutua Madrid Open pela terceira vez), Mladenovic — única jogadora ainda em prova já com um título conquistado este ano (aconteceu em São Petersburgo, onde inaugurou o palmarés de singulares) — pisou a terra do maior court espanhol com convicção máxima e deu provas disso ao longo de todo o encontro frente a Svetlana Kuznetsova (9.ª, mas que já foi 2.ª e conta com dois títulos do Grand Slam no currículo).

Se do outro lado da rede estava uma ex-finalista do torneio (Kuznetsova perdeu a final de 2015 para Petra Kvitova, Mladenovic não se deixou intimidar e fez mais uma boa exibição para somar a 10.ª vitória (em 25 encontros) da carreira frente a uma tenista do top10, a quarta só nesta temporada, com parciais de 6-4 e 7-6(4) em 1h42.

Na final do Mutua Madrid Open 2017, que está marcada para as 19h de Madrid (menos uma em Portugal Continental) deste domingo, a irreverente tenista francesa procurará o segundo e mais importante título da carreira, enquanto Halep luta pelo 15.º.

Comentários

Comentários