Feliciano López: “Kyrgios é mais espetacular que Zverev”

0

Feliciano López é um dos vários tenistas veteranos do circuito que conseguiu alcançar o seu melhor ranking de carreira já na casa dos 30. Atualmente com 35 anos e no 38.º lugar da hierarquia, o tenista espanhol vê com bons olhos esta nova vaga de jogadores no circuito, especialmente Kyrgios e Zverev.

“São ambos muito fortes. Vejo Kyrgios com muita vontade de triunfar, tem uma personalidade peculiar, é notório, mas vi-o jogar de forma consistente vários encontros em Acapulco, Indian Wells e Miami, o que diz muito sobre a sua progressão”, salientou o antigo número 12 ATP (março de 2015), em entrevista ao jornal digital El Español.

López não tem dúvidas sobre qual dos dois é mais espetacular. “Kyrgios é mais espetacular que Zverev. É imprevisivel e tem a capacidade de fazer bolas impensáveis. No entanto, Zverev talvez seja mais completo em todas as superfícies. Não sei se Kyrgios poderia jogar tão bem no pó de tijolo como Zverev. São talentos distintos”, observou.

Djokovic e Murray, dois membros do denominado “Big 4”, não estão tão pujantes esta época como em anos anteriores, ao contrário de Federer e Nadal que estão em grande forma até ao momento. Para López, o circuito está insólito em 2017. “Está muito estranho. Djokovic não está como já esteve, a lesão de Murray tirou-lhe confiança, Nadal está a recuperar… O único que está a surpreender é Federer. O circuito este ano está mais aberto”, analisou.

A propósito de Roger Federer, Feliciano López admitiu que não tinha dúvidas que o suíço regressaria em força. “Sinceramente, não duvidava que Federer voltasse a exibir este nível depois de tanto tempo parado, porque ele não esqueceu como se joga. Todavia, não apostaria dinheiro em como ele ganhava o Open da Austrália, Indian Wells e Miami a jogar desta forma”, afirmou o espanhol, antes de rematar: “Ele é muito inteligente na forma como gere o seu corpo, como introduz pequenas alterações no seu jogo e na raquete”.

Comentários

Comentários