Borna Coric: “Tentei jogar de forma aborrecida para ver o que acontecia”

0

Após somar a melhor vitória da carreira, ao bater o número um mundial, Andy Murray, Borna Coric fez uma revelação curiosa em conferência de imprensa quanto à tática utilizada para bater o tenista britânico pela segunda vez na carreira.

“Não joguei nada de especial em termos táticos. Estava a tentar ser bastante aborrecido, a passar o máximo de bolas por cima da rede, apenas manter-me no jogo dele e tentar que ele errasse algumas vezes”, revelou o croata, que sentiu desde cedo que o líder do ranking mundial não estava nos seus dias.

“Claro que ele não jogou muito bem hoje, foi óbvio. Apercebi-me disso desde o início e por isso pensei para mim mesmo que tinha de fazê-lo passar o máximo de bolas seguidas. Fazer com que ele jogasse”, comentou.

Num torneio onde até já chegou a estar eliminado — entrou no quadro principal como lucky loser –, Coric considera que apesar do mau jogo de Murray esta vitória será essencial para a sua confiança, revelando ainda que chegou a marcar voo de regresso a casa após perder na fase de qualificação.

“Depois de perder no qualifying já estava a marcar o voo de regresso a casa, por isso é uma surpresa [estar nos quartos de final]. Foi uma grande vitória, significa muito para mim e para a minha confiança, que é muito importante. A confiança tem um papel muito importante no meu ténis”, confidenciou.

Comentários

Comentários