Rafael Nadal: “Não joguei mal, joguei muito mal”

0

Não foi (nada) fácil, mas Rafael Nadal conseguiu estrear-se na edição de 2017 do Masters 1000 de Madrid com uma vitória árdua em três partidas sobre Fabio Fognini. No final do encontro, em conferência de imprensa, o espanhol admitiu que não foi um encontro bem conseguido da sua parte.

“Não joguei mal, joguei muito mal. Ainda assim, penso que, apesar de ter jogado realmente mal, a minha atitude foi bastante positiva. A minha atitude e vontade de vencer hoje estavam lá. O meu nível de ténis não foi tão alto, mas acabei por conseguir seguir em frente”, atirou em primeira instância o número cinco mundial.

“Foi desconfortável para mim. Penso que antes de entrar em court as condições não estavam tão ventosas, mas assim que comecei a jogar vi logo que seria um dia horrível para se jogar. Esteve realmente muito vento”, apontou depois Nadal, antes de aludir à otite recentemente sofrida.

“É verdade que tenho passado dias difíceis devido ao problema com o meu ouvido, o que me tirou alguma estabilidade no geral. Sinto-me um pouco estranho mas é algo que está a progredir diariamente”, frisou ainda o campeoníssimo maiorquino.

Comentários

Comentários