Novak Djokovic com vitória arrancada a ferros no regresso a Madrid

0

MADRID – Custou, mas foi. O campeão em título, Novak Djokovic, deu início à sua participação no ATP Masters 1000 de Madrid com um triunfo muito apertado frente a Nicolas Almagro, ex-top mundial, por 6-1, 4-6 e 7-5. O sérvio esteve a perder por 3-0 na última partida.

Aos 29 anos, Djokovic estava de regresso à Caja Mágica para tentar um bom resultado numa época de 2017 que tem sido marcada por derrotas e desilusões e teve de trabalhar muito para a conseguir.

Depois de um muito bom começo, em que reagiu à quebra conseguida por Almagro para vencer seis jogos consecutivos e vencer o primeiro set por 6-1, o tenista sérvio viu o adversário ficar cada vez mais confiante e determinado em recuperar um resultado que deixaria muito a desejar, mesmo contra o adversário em questão. Cada vez mais em jogo, o espanhol começou a dar mostras de poder lutar pelo resultado e reduziu significativamente o número de erros não forcados, que tantas vezes aumentara ao atirar bolas demasiado compridas para perder rallies inicialmente bem construídos.

Assim, Almagro fez uso da sua direita potente e de uma esquerda a uma mão que quando está afinada pode criar problemas a qualquer jogador e começou a construir a reviravolta. Primeiro, venceu o segundo parcial ao quebrar no jogo decisivo.

Depois, conseguiu o break logo à entrada para o terceiro e decisivo parcial, chegando a uma vantagem de 3-0 que parecia colocar o campeão de 2016 do Millennium Estoril Open (precisamente o seu último título) a caminho de uma vitória memorável e digna de, um dia, ser contada ao seu filho recém nascido.

Só que com os grandes nomes do ténis, já se sabe, nada se pode dar por sentido e mesmo com a Caja Mágica a aplaudir de pé o experientíssimo jogador da casa, Novak Djokovic conseguiu recuperar para vencer sete dos últimos nove jogos e dar a volta ao marcador no derradeiro parcial para se manter vivo no Mutua Madrid Open.

Nos oitavos de final, Novak Djokovic terá pela frente o vencedor do encontro entre Gilles Simon e Feliciano Lopez, que se disputará ainda esta quarta-feira.

Comentários

Comentários