Amigos, amigos, competição à parte

0

A jornada desta quarta-feira no court Manolo Santana, o principal campo da Caja Mágica, terminou às 23h40 locais e com um duelo entre dois bons amigos: de um lado Benoit Paire, do outro Stan Wawrinka, e os dois em conjunto protagonizaram um confronto franco-suíço em solo espanhol, que terminou com o triunfo do primeiro e com o teto fechado devido à chuva intensa que visita Madrid.

Paire, 52.º jogador da lista ATP, gastou uma hora e 47 minutos para somar a terceira vitória em dez encontros frente a Wawrinka (3.º), a primeira em terra batida, que ficou definida com os parciais de 7-5, 4-6 e 6-2. Desde fevereiro de 2016 que o francês não sabia o que era derrotar um tenista do top-10 quando, na altura, derrotara precisamente o tenista suíço, em Marselha.

Qualificado pela primeira vez na carreira para a terceira ronda do Masters de Madrid, naquela que é a sua quarta participação, Paire já sabe que vai medir forças com o uruguaio Pablo Cuevas (27.º), tenista com quem nunca perdeu nos três embates realizados até à data.

Zverev segue imparável

Igualmente na terceira eliminatória está o alemão Alexander Zverev, que deixou pelo caminho o croata Marin Cilic, por 6-7(3), 6-3 e 6-4, naquele que foi o seu sexto triunfo consecutivo. Tomas Berdych é o próximo adversário do jovem de 19 anos.

Artigo atualizado às 22h49.

Comentários

Comentários