Portugal 2 vs. 0 Ucrânia. Triunfo de João Sousa coloca Portugal a um passo da história

0

LISBOA – Depois de uma maratona, um encontro de sentido único e assim a seleção portuguesa chega ao fim do primeiro dia da eliminatória contra a Ucrânia, no CIF, em Lisboa, com uma vantagem de 2-0. João Sousa foi o responsável pelo segundo triunfo, que deixa Portugal a apenas uma vitória de uma histórica passagem ao playoff de apuramento para o Grupo Mundial da Taça Davis pela segunda vez na história (a primeira foi em 1994).

Claramente favorito à vitória no segundo e último encontro do dia, o tenista vimaranense de 26 anos, número 37 do ranking ATP, não deu hipóteses a Nikita Mashtakov (#1558) e venceu em três partidas de sentido único, com parciais de 6-0, 6-3, 6-0, para somar a sua 19.ª em encontros de singulares naquela que é a maior competição internacional anual por equipas.

Garantida que está a segunda vitória em outros tantos encontros, Portugal — que tem Nuno Marques como capitão e ainda Emanuel Couto como treinador — chega ao fim do primeiro dia na liderança por 2-0. Para selar o confronto frente à Ucrânia já este sábado, a seleção nacional terá de vencer o encontro de pares, que está marcado para as 15h.

Para 15 minutos antes está agendada a entrega do Davis Cup Commitment Award a João Sousa, pelas 20 eliminatórias em que o número 1 nacional e melhor tenista português de todos os tempos marcou presença na Taça Davis.

Comentários

Comentários

COMPARTILHAR
Artigo anteriorGastão Elias: “Foi uma guerra incrível”
Próximo artigoJoão Sousa: “Fico muito contente por ter ajudado Portugal com mais um ponto”
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tiebreak. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegou o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."