João Sousa: “Vou estar focado no meu trabalho e em ajudar Portugal na eliminatória”

0

Depois de Portugal ficar a conhecer a ordem de jogos da eliminatória frente à equipa da Ucrânia, que se apresenta em solo português com baixas relevantes no seu contingente, João Sousa esteve à conversa com os jornalistas presentes, onde abordou a eliminatória e voltou a reiterar que apesar serem teoricamente favoritos, o importante é estarem focarem-se neles mesmo e em dar o melhor.

“A Ucrânia não veio com o máxima força possível. Alguns dos melhores jogadores deles estão lesionados, outros não puderam estar presentes aqui.”, começou por dizer. “O sorteio apenas dita quem vai jogar primeiro, neste caso vai ser o Gastão. Nas últimas 6 ou 7 vezes tenho sido eu, portanto desta vez é um bocadinho diferente. O importante é estarmos preparados para o dia de amanhã e dar-mos o nosso melhor para ajudar Portugal a ultrapassar esta eliminatória”, disse o vimaranense, que apesar dos rankings inferiores dos adversários, não espera facilitismos.

Favoritos ou não, a Taça Davis é um torneio que é sempre difícil jogar, obviamente que jogar em casa é sempre um ponto a favor, com o apoio do público e também estamos melhor rankeados que eles, mas isso não quer dizer nada pois o ténis é um desporto complicado e neste caso uma eliminatória da Taça Davis é sempre difícil de encarar”, comentou.

“Acho que é importante focar-nos em nós e não neles. Temos vindo a trabalhar muito bem e a adaptar-nos à nossas condições, já que jogamos em casa e acredito que estamos a fazer o nosso trabalho. Vou estar focado no meu trabalho e em ajudar Portugal na eliminatória”, finalizou o número um nacional que entra em court após a conclusão do encontro de Gastão Elias, para defrontar Nikita Mashtakov.

Comentários

Comentários